CEFET-MG

Estudo do solo para Centro de Distribuição-PNAE Ano 2

  1. IDENTIFICAÇÃO DA ATIVIDADE

TÍTULO DA ATIVIDADE: Estudo do solo de Curvelo-MG para criar um Centro de Distribuição para PNAE Ano 2

PARTICIPANTES DA ATIVIDADE

COORDENADOR:

Juliana Reinert

jureinert@curvelo.cefetmg.br

Link do Lattes: http://lattes.cnpq.br/7993884470620483

CO-ORIENTADOR:

Anderson Moreira de Vasconcelos

anderson@curvelo.cefetmg.br

ALUNOS:

Lara de Oliveira Gomes

Rafael Christovam Junior

Grasiele Martins Gontijo

Ádila Cecília Queiroz Gonçalves

  1. CARACTERIZAÇÃO DA ATIVIDADE

DESCRIÇÃO:

A elaboração deste Projeto ocorreu diante da necessidade de criação de um Centro de Distribuição de produtos oriundos da agricultura familiar, idealizado por Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER-MG, Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA e CODEC, que irá beneficiar cerca de que irá beneficiar cerca de 8.670 agricultores familiares, engloba 29 municípios, numa área territorial de 35.158 km² e em nenhuma dessas cidades há um Laboratório de Análise de Solos público que possa atendê-los.  O Centro de Distribuição pretende atender os mercados locais, dentre os quais se destacam o Programa de Alimentação Escolar – PNAE, compra de gêneros alimentícios da agricultura familiar para a alimentação escolar, e o Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, aquisição de alimentos por meio de Chamadas Públicas Individuais ou Coletivas, e venda de hortifrutigranjeiros para o mercado externo, inclusive o CEASAMINAS – Centrais de Abastecimento de Minas Gerais e outras prefeituras da região metropolitana de Belo Horizonte.

O intuito desta parceria é conscientizar o produtor rural da importância de se conhecer o tipo de solo existente na sua propriedade, de forma a garantir o melhor uso de recursos, promovendo qualidade, produtividade e rentabilidade em sua plantação.

 

O projeto terá duração máxima de 18 meses, dividido em quatro etapas de atividades:

  1. Contato com EMATER, IMA e CODEC para identificação de áreas a serem estudadas;
  2. Coleta de amostras de campo e ensaios laboratoriais:

Com a área identificada e delimitada, serão coletadas amostras deformadas em quantidade suficiente para uma análise estatística posterior. Os ensaios laboratoriais serão todos executados nos laboratórios do CEFET-MG, Unidade Curvelo.

  1. Análise estatística de dados quantitativos:

A necessidade de se realizar uma análise estatística para a quantificação da variabilidade dos parâmetros geotécnicos obtidos durante os ensaios é observada quando se têm solos altamente heterogêneos.

Neste estudo, será utilizada a metodologia proposta por Dyminski et al. (2006) para a análise estatística dos resultados dos ensaios, formando um banco de dados consolidados a partir dos resultados dos ensaios para poderem ser utilizados no momento da criação do mapa de variabilidade.

  1. Elaboração de mapa de variabilidade das propriedades do solo:

Serão elaborados mapas com a variabilidade das propriedades dos solos na região, objetivando melhores formas de visualização de informações técnicas por pessoas com pouco conhecimento técnico.

 

A partir dos estudos propostos, pretende-se alcançar os objetivos apresentados, além de alcançar os seguintes resultados diretos e indiretos:

– Produzir mapas dos tipos de solos presentes nas regiões de Curvelo;

– Compartilhar os conhecimentos gerados no processo em todas as etapas, facilitando o trabalho de implantação do Centro de Distribuição de produtos oriundos da agricultura familiar.

– Melhoria da qualidade, aumento da quantidade e diversificação de alimentos ofertados pela agricultura empresarial e pela agricultura familiar;

– Regularidade e segurança alimentar, espaço e infraestrutura adequados, preços justos e competitivos com base e preço de venda;

– Fortalecer a noção de cidadania na comunidade acadêmica do CEFET-MG perante a sociedade;

– Servir como experiência piloto, possibilitando sua projeção para as realidades de outras áreas de conhecimento e incentivando outros projetos do gênero;

 

Os resultados serão apresentados na META, na EMATER, no IMA e no Conselho de Desenvolvimento de Curvelo para melhor divulgação.

 

Devido ao atraso nas compras dos equipamentos e materiais de consumo no ano de 2015, o projeto necessitará de um Ano 2 para atender todos os objetivos estipulados no Ano 1. Além disso, após estudos e interações com a EMATER e laboratórios da região, notou-se que a quantidade de reagentes químicos necessários para o bom desenvolvimento do projeto e para o correto atendimento dos agricultores é maior do que a quantidade possuída pela Unidade Curvelo. Portanto, a planilha financeira deste “Ano 2″ prevê compra destes reagentes e de alguns equipamentos permanentes de laboratório para manuseio e execução dos ensaios.

 

Foi anexado a este plano uma carta da EMATER, na qual nossa parceira reforça a necessidade da continuidade deste projeto, com recursos disponíveis para continuidade dos ensaios nas diversas regiões de Curvelo.

 

No DE PESSOAS DIRETAMENTE BENEFICIADAS:50

ETAPA DA ATIVIDADE EXTENSIONISTA EM OUTUBRO DE 2016:

Durante os meses do início do ano, os alunos foram treinados pela Coordenadora do Projeto para realizarem corretamente todos os ensaios de laboratório necessários nas amostras de solos já coletados no Ano 1, mas que não haviam ainda sido ensaiadas por falta de tempo do projeto (atraso na compra dos materiais).

Após esse treinamento, os alunos realizaram ensaios de laboratório em mais 25 amostras que já estavam no laboratório de solos.

Há um mês, os alunos estão tendo aulas regulares de estatística e modelagem numérica com o co-orientador do projeto a fim de auxiliar na elaboração do mapa de variabilidade, inserindo os dados dos ensaios realizados no Ano 2.

Foi elaborado o pedido de compra dos materiais de consumo necessários para a realização dos demais ensaios químicos do solo, tão importantes para os produtores rurais. Aguardando DEDC.

Foi elaborado também o pedido de compra do equipamento permanente (perfurador de solo) necessário para continuação da coleta dos solos nas propriedades rurais.

No mês de outubro, os resultados do Projeto do Ano 1 foram apresentados na FEICINTEC 2016 e no COBRAMSEG 2016, pelos alunos que estavam vinculados ao Projeto em 2015. Além disso, os resultados do Projeto do Ano 1, juntamente com as evoluções do Ano 2 foram apresentados na Semana C&T pelos alunos vinculados atualmente ao projeto.

 

FOTOS:

estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-1 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-2 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-3 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-4 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-5 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-6 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-7 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-8 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-9 estudo-do-solo-para-centro-de-distribuicao-pnae-ano-2-10